Atenção!

Informamos que desde o ínicio de 2015:

- não recebemos nenhum tipo de ajuda vinda de familiares;
- nenhum familiar do Ratinho (excluindo pai e mãe) empresta, oferece ou sob outras formas, dinheiro ou bens materiais para ajudas relacionados com o Ratinho ou outros;
- nunca nos encontrariamos na situação actual se não fosse a maldade de determinados membros de familia que têm vergonha de ter uma criança deficiente como familiar;
- que eu, mãe, fui sujeita aos mais diversos tipos de abusos para manter o meu filho seguro e dar-lhe a melhor qualidade de vida possível

Quem disser o contrário, está a mentir.

Sunday, September 19, 2010

Nova etapa

Estamos a menos de 10 horas para o inicio de uma nova etapa na nossa vida.
Lutei (eu, mamã) por esta nova etapa quase 1 ano. Lutei contra a discriminação, os "tachos", a maldade humana, a falta de "chá", a inveja, a hipocrisia...lutei e consegui algo.
Não sei se se lembram de há cerca de 1 ano trás ter ficado "oficialmente" desempregada. Trabalhava numa Instituição do Estado e, após o Ratinho ter nascido, após o diagnostico, após ter tirado o minimo de licença de maternidade, após nunca ter faltado um dia ou ter sequer pedido baixa, heis que sou colocada "borda fora". Verdade seja dita, tinha um emprego fantastico. Sinceramente nem sequer considerava "trabalho" porque a-do-ra-va o que fazia. No meio do rescaldo, consegui ficar, entre outras coisas, nos famosos recibos verdes (para a mesma Instituição). Agora vou entrar, novamente, para a mesma Instiuição, com contrato, tudo certinho (apesar de ser um posto muito diferente...nem imaginam quanto)...vamos ver quais as surpresas que me esperam. Sinto-me indesejada, como aquela pessoa que entra na sala e a multidão cochicha. Sei que vao ser malvados...mas paciencia...Basicamente sou pior que a peste, a tinha, a lepra (LOL): nunnnnnnccccaaaaaaaa se hão-de livrar de mim...MUH-AH-AH

No meio disto tudo só me preocupa o meu querido menino, sem mamã tanto tempo.
Hoje passou terrivelmente mal o dia. Convulsões, espasmos, mais convulsoes, espasmos cada vez mais fortes...No meio disto, mascaras de oxigenio e oxigenoterapia. A respiração está cada vez pior. Espero que seja "só" a minha ansiedade a ser-lhe transmitida e nada mais. Que daqui a 2 dias se esteja a rir para nós, lindo, lindo, como só o Ratinho sabe ser.

4 comments:

  1. Boa sorte nesta nova etapa! Nem imagino o que deva ser difícil ir trabalhar e teres de deixar o Ratinho. Mas com todo a certeza deixas-o em boas mãos.

    Beijinhos mãe coragem

    Carla Ribeiro

    ReplyDelete
  2. a maldade das pessoas não tem limites...bolas pat, nem sei que te diga.

    desejo-te mta boa sorte nesta nova etapa, muita força, e as melhoras para o ratinho! estamos aqui para o que precisares!

    rute e edu

    ReplyDelete
  3. Em primeiro lugar os meus parabéns por conseguires ganhar esta batalha profissional, em segundo lugar cabeça erguida porque por muito k te tentem enfernizar a vida estão é roídinhos de inveja porque nunca conseguiriam passar por tudo o k passaste e passas e conseguires estar ali outra vez com um contrato... temos pena que essa gente nao atinja mais naqueles cérebrozinhos... VAI_TE A ELES SEM MEDO, és em todo muito melhor que eles e se mostrares isso nada podem contra ti. Boa sorte!!!!!

    ReplyDelete

LEILAO DE VERÃO

Leilão de Verão

http://sorrisos-para-ratinhos.blogspot.com/


PARTICIPEM!!!