Atenção!

Informamos que desde o ínicio de 2015:

- não recebemos nenhum tipo de ajuda vinda de familiares;
- nenhum familiar do Ratinho (excluindo pai e mãe) empresta, oferece ou sob outras formas, dinheiro ou bens materiais para ajudas relacionados com o Ratinho ou outros;
- nunca nos encontrariamos na situação actual se não fosse a maldade de determinados membros de familia que têm vergonha de ter uma criança deficiente como familiar;
- que eu, mãe, fui sujeita aos mais diversos tipos de abusos para manter o meu filho seguro e dar-lhe a melhor qualidade de vida possível

Quem disser o contrário, está a mentir.

Thursday, September 24, 2009

Um anjo ganhou asas / An angel gain wings

Hoje foi um dia triste. Um dos amiguinhos do Ratinho ganhou asas. Finalmente deixou de sofrer.
Isto tudo fez-me pensar em como irei sofre quando o meu anjo ganhar asas. Sei que será o melhor para todos, mas como pode uma mãe sobreviver com o seu colo vazio, sem os seus braços a rodearem o seu filho lindo?

Entretanto tivemos noticias do Dr. Dobyns. Ele está muito interessado no nosso Ratinho e classificou-o como "very, very rare". Estou desejosa de estar com ele (ele é o responsável pela descoberta de quase todos os genes referentes á lisencefalia, é neuropediatra, geneticista e psiquiatra).


------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Today, one of Mousy's friends, has flight away. He was already sick for a long time. I can't imagine how his mother/my friend is feeling now, at home, with her lap empty. No mother should ever outlive her children...not like this, not with all this suffering.

At the meanwhile, Dr. Dobyns say that Mousy genetic mutation is "very, very rare". I'm anxious to meet with him and to know all the things he will say.

5 comments:

  1. Olá
    Queri saber como é que pudemos comprar a rifa para ajudar o teu ratinho, que é uma ternura
    Bjs
    Ana

    ReplyDelete
  2. Apesar da notícia triste do inicio do post.
    Como é que se reage/sobrevive a morte de um ser tão especial quanto o é de uma criança/bébé? sinceramente não sei...
    não consigo quantificar essa dor...
    tenta não pensar nisso, o que está a ser importante é que já existem contactos de Chicago... espero que brevemente o Ratinho possa ser consultado.

    ReplyDelete
  3. Boa Noite
    Apesar de complicado tem que haver esperança mesmo que a mesma seja muito pouca o teu Ratinho calhou-te porque tu vais saber cuidar dele o tempo que te for permitido e até lá ele vai ser feliz por te ter como mãe
    Caso contrario não estarias a pedir ajuda se não acreditasses em algo, certo?
    Beijos
    Beta

    ReplyDelete
  4. bom dia...aquí no Brasil existe um ditado que fala que "a esperança é a última que morre"...acreditar sempre e viver cada dia de uma vez fez parte da estratégia da esperança....
    Gostaria muito de ajudar a esta linda criança, mas aquí do Brasil, não sei como!!!Existiria alguma forma?
    Beijos carinhosos.
    Anelise

    ReplyDelete
  5. Olá querida, como fazer para comprar/pagar as rifas que quero adquirir para ajudar o teu ratinho??
    envia-me informações para coisinhascomamordacarla@gmail.com

    Beijinhos,
    Carla

    ReplyDelete

LEILAO DE VERÃO

Leilão de Verão

http://sorrisos-para-ratinhos.blogspot.com/


PARTICIPEM!!!