Atenção!

Informamos que desde o ínicio de 2015:

- não recebemos nenhum tipo de ajuda vinda de familiares;
- nenhum familiar do Ratinho (excluindo pai e mãe) empresta, oferece ou sob outras formas, dinheiro ou bens materiais para ajudas relacionados com o Ratinho ou outros;
- nunca nos encontrariamos na situação actual se não fosse a maldade de determinados membros de familia que têm vergonha de ter uma criança deficiente como familiar;
- que eu, mãe, fui sujeita aos mais diversos tipos de abusos para manter o meu filho seguro e dar-lhe a melhor qualidade de vida possível

Quem disser o contrário, está a mentir.

Monday, September 28, 2009

Faz 8 meses/ 8 months

Hoje (domingo) faz 8 meses que o meu mundo desabou. Faz 8 meses que perdi o meu filho e recebi outro igual...mas diferente. Faz 8 meses que soube que o meu filho nunca iria ser autónome, casar, aborrecer-me até me saltarem os olhos ao longo da sua adolescencia, nunca iria sequer ficar chateada por ele me rasgar os livros ou desenhar em cima dos meus documentos...ou pura e simplesmente cuspir a sua sopa para a minha cara. Soube também que ele nunca me iria abraçar, chamar mamã ou dar-me beijos. Soube que nunca iria ver o nosso desejo de ter as paredes riscadas com lapis de cera realizado...nem que o nosso Ratinho nunca iria morder as orelhas dos nossos caes.
Nos primeiros meses da sua vida, quando ainda tinha um filho "normal", eu era tão feliz! Nunca ninguem me ouviu dizer que estava cansada ou que ele era um chato. Fui trabalhar passadas 6 semanas de o Ratinho ter nascido e nunca ninguem ouviu um ai da minha boca. No trabalho tirava leite de 2 em 2 h. O Ratinho, apesar de não estar ao pé de mim, mamou leitinho da mamã até aos 6 meses (e o que eu passei para conseguir dar-lhe de mamar...). Por incrivel que pareça, ainda hoje tenho imenso leite, mas já nao tiro nem dou leitinho.

Tenho uma pergunta: será que os pais que andam por este mundo sabem o tesouro que têm nas mãos quando aquela nova vida lhes é entregue, pura, intacta, singela?

Uma das coisas que me arrependo amargamente é de, ainda antes de o Ratinho ter sido diagnosticado, ou seja, ainda quando era um menino normal, uma noite, depois de um berreiro de 4 ou 5h (não estou a exagerar...pensava que eram cólicas, mas já era uma actividade epileptica que eu nao reconhecia), que se vinha a repetir á 4 ou 5 noites, eu desesperei e, após o acomodar na sua caminha e verificar que se encontrava em segurança, saí do quarto e fui dormir para outro quarto, enquanto o meu menino gritava e chorava. Chorei até adormecer (infelizmente também preciso de dormir e, nesse dia tive que escolher: ou dormia ou tinha uma coisinha má). Até hoje tenho pesadelos com isso. Se eu soubesse que aquilo eram dores...nunca, mas nunca teria saido do lado dele.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Today (27th) makes 8 months that Mousy was diagnosed. I remember going on the ambulance to the pediatric hospital, seeing my little boy convulsing, no one would explain to me what was going on, why did he was convulsing. Today makes 8 months that i know that my little boy will not run to me with his arms open, will huge me or kiss me...or even draw in my walls or make a river in my bathroom. The pain is just to big, ot's so hard to carry on!
But, most of all, i'm glad he is with me. Because i can give him all the love he deserves.
Unfortunately, i have some ghosts in my dreams that haunt me at night...like the times that i wasn't with him because i was too tired or because i really really really needed to sleep. Sometimes i have nightmares because of that.

6 comments:

  1. Todas as pessoas do mundo precisam um tempo para si mesmas...não foi maldade , sómente cansaço.Todas mulhres que são mães sabem que existem horas que precisamos dormir e descansar, para cuidar dos nossos bebês...Não se culpe...o que você faz pelo Ratinho só tem um nome: SER MÃE, e isso você é em tempo integral!
    Beijos a você e ao lindo Ratinho.

    ReplyDelete
  2. Sempre que leio as tuas palavras eu fico sem elas para te poder consolar, sé é que existe consolo para uma mãe com um filho nesta situação.
    Sempre que venho ao teu blog agradeço a Deus os filhos que tenho e peço-lhe também por ti o pelo teu ratinho......Que Deus vos abençoe......
    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. Minha linda tu és seguramente das melhores mães que tive o prazer de conhecer até hoje!! Não te recrimines, se não fosses dormir naquela noite como ias ter força para tratar dele na manhã seguinte? E não podias adivinhar, ninguém podia prever uma situação destas, mas sem dúvida que o teu Ratinho não podia estar em melhores mãos...

    Apesar de tudo uma coisa é certa: o teu menino não podia ter melhor mãe!!!

    Beijokas!!!!

    ReplyDelete
  4. Querida, todas as MÃES precisam de um descanso é natural senão não conseguiremos dar o nosso melhor aos nossos filhos. Não te culpes por nada apenas tem ORGULHO por seres a mulher que és.
    Beijinhos grandes para vocês e um muito especial para o ratinho.

    Carla

    ReplyDelete
  5. Lembro-me perfeitamente de seguir à distância o início da tua mudança de vida.
    Lembro-me do amor e orgulho com que sempre falaste do ratinho.
    Não sei o que faria se me deparasse com uma situação destas, mas acho que com o tempo acabamos por aceitar e nós mães vamos buscar as forças à raiz mais profunda do amor que une mãe e filho.
    Aproveita todos os momentos com ele para lhe dar o que de melhor há em ti.
    Só esse amor é capaz de superar todos os obstáculos que esta bendita vida nos impõe.
    Que o teu coração esteja sempre cheio de luz para iluminares o caminho do teu ratinho.

    Foi o tempo que dedicaste à tua rosa, que fez tua rosa tão importante

    ReplyDelete
  6. Estive mt atenta ao programa... de hoje as tardes da julia. Confeso que chorei nao por pena,porque pena só tem kem nao tem corçâo, mas sim por ver e sentir a coragem que a menina tem sendo mae deste lindo menino.O facto de ter criado isto ate ajuda como disse a entender melhor o tipo de certas doenças que talvez venha a salvar quem ainda for a tempo... Nao sei se foi abuso mas adicionei ano meu msn para que sempre que precisar de uma palavra amiga de uma menina de 22 anos que faz tudo por ver as crianças felizes eu estarei cá.. Força e adoro o sorriso do ratinho beijinho para ele...

    ReplyDelete

LEILAO DE VERÃO

Leilão de Verão

http://sorrisos-para-ratinhos.blogspot.com/


PARTICIPEM!!!